Acessar o conteúdo principal
Iêmen/Crise

Rebeldes xiitas a favor de uma trégua humanitária no Iêmen

Um membro das milícias xiitas huthis nas ruas de Aden, em 24 de abril de 2015.
Um membro das milícias xiitas huthis nas ruas de Aden, em 24 de abril de 2015. REUTERS/Stringer
1 min

Os rebeldes xiitas huthis disseram neste domingo (10) estarem prontos para responder "positivamente" aos esforços "para pôr fim ao sofrimento" da população iemenita. Esta é a resposta para uma trégua proposta pela Arábia Saudita.

Publicidade

O escritório político dos rebeldes xiitas indicou "estar pronto para reagir positivamente a qualquer esforço, apelo ou medida que ajudar a pôr um fim ao sofrimento" do povo iemenita, segundo uma declaração lida pelo canal de televisão al-Massirah. Militares aliados dos huthis anunciaram na manhã deste domingo que eles aceitariam uma trégua prevista para entrar em vigor na noite de terça-feira.

No comunicado, as milícias xiitas huthis, apoiadas pelo Irã, saudaram os "esforços dos países fraternos e amigos para pôr fim à agressão e ao sofrimento do povo iemenita". A referência pode ser dirigida à Rússia, que tentou fazer um apelo para um cessar-fogo ao Conselho de Segurança da ONU, no começo do mês.

A Arábia Saudita, líder de uma coalizão internacional que bombardeia há seis semanas posições rebeldes huthis no Iêmen, propôs na sexta-feira (8) uma trégua humanitária de cinco dias renováveis. A proposta é apoiada pelos Estados Unidos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.