Acessar o conteúdo principal
Síria/Rússia

Rússia confirma presença de militares russos na Síria

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov.
O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov. REUTERS/Ria Novosti
Texto por: RFI
2 min

Moscou confirmou na manhã desta quarta-feira (9) que especialistas militares russos estão atuando na Síria, mas somente dando conselhos ao regime de Bashar Al-Assad. A declaração do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, acontece após vários dias de especulação sobre a presença de tropas russas no país.

Publicidade

A supeita de uma intervenção militar terrestre russa na Síria começou após a postagem de numerosos selfies de soldados russos no Facebook. As fotos mostram jovens militares no país, contentes em frente da bandeira siria ou do retrato de Bashar Al-Assad.

Além disso, tráfego de aviões militares de carga e transporte de passageiros russos para a Síria se intensificou nos últimos dias, preocupando os ocidentais. A Bulgária, que integra a Otan, chegou a recusar que aeronaves russas atravessassem seu espaço aéreo e os Estados Unidos pediram a Grécia para fazer o mesmo.

Estados Unidos preocupados

Como na Ucrânia com os separatistas, tudo indica que os militares russos tentam dar um apoio discreto, mas precioso ao regime de Damasco, principalmente no norte do país, reduto de Bashar Al-Assad.

Temendo uma escalada do conflito, o secretário de Estado americano, John Kerry, chegou a ligar para o chanceler russo no último final de semana. Moscou não esconde que abastece em armas e equipamentos militares o aliado sírio e, por enquanto, só confirma a presença de especialistas no terreno, mas não de tropas. No entanto, Lavrov afirmou hoje que, se necessário, a Rússia pode tomar "outras medidas para combater o terrorismo na Síria."

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.