Coreia do Norte / ONU

Conselho de Segurança da ONU deve impor novas sanções contra a Coreia do Norte

Conselho de Segurança da ONU
Conselho de Segurança da ONU REUTERS/Carlo Allegri

O Conselho de Segurança da ONU considerará impor novas sanções contra a Coreia do Norte depois da realização de um teste nuclear, informou o embaixador britânico nesta quarta-feira (6). "Trabalharemos com outros países em uma resolução com mais sanções", afirmou Matthew Rycroft à imprensa.

Publicidade

Estados Unidos, Japão e outros integrantes do Conselho de 15 membros estão trabalhando em um projeto de resolução que condena energicamente o que governo norte-coreano descreveu como um teste de uma bomba de hidrogênio, indicou o diplomata.

"Não temos informação sobre o tipo de artefato testado", disse Rycroft, que acrescentou que "qualquer teste nuclear é uma clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU".

Ban Ki-moon

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou nesta quarta-feira uma enérgica condenação ao teste nuclear da Coreia do Norte e convocou Pyongyang a deter seu programa nuclear.

"Condeno de forma inequívoca o teste. E peço à Coreia do Norte que cesse qualquer outra atividade nuclear", declarou Ban aos jornalistas antes de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança para abordar o tema.

Mais potente

A Coreia do Norte afirmou nesta quarta-feira ter realizado com êxito seu primeiro teste com uma bomba de hidrogênio, muito mais potente que a bomba atômica, mostrando que o regime mantém ativo seu programa nuclear, apesar da proibição da comunidade internacional.

Ban disse que o teste nuclear subterrâneo era "profundamente inquietante" e "profundamente desestabilizador para a segurança regional". Destacou ainda que o teste era uma violação de muitas resoluções do Conselho de Segurança que proíbem Pyongyang de se envolver em atividades nucleares.

Três testes anteriores, em 2006, 2009 e 2013 provocaram ondas de sanções da ONU.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.