Acessar o conteúdo principal

Israel reduz bloqueio marítimo imposto aos pescadores palestinos de Gaza

Pescadores na Faixa de Gaza
Pescadores na Faixa de Gaza
Texto por: RFI
2 min

Israel decidiu suavizar o bloqueio marítimo imposto à Faixa de Gaza e ampliar a área na qual os pescadores palestinos estão autorizados a trabalhar.

Publicidade

A partir de domingo (3), a zona de pesca autorizada no Mediterrâneo passará das atuais 6 milhas náuticas (11 km) a 9 milhas, anunciaram Nizar Ayyash, presidente do sindicato de pescadores de Gaza, e o Cogat, órgão do ministério israelense da Defesa responsável por coordenar as atividades nos territórios palestinos ocupados.

Mas a medida vale apenas para a zona diante da costa meridional da Faixa de Gaza. Ao norte do rio Wadi Gaza,  a área seguirá limitada a 6 milhas .

Israel submete a Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islamita Hamas, a um bloqueio terrestre, aéreo e marítimo desde 2006. Limitada ao norte e ao leste pelo território israelense e ao oeste pelo Mediterrâneo, zona também se encontra submetida a bloqueio pelo Egito ao sul.

A Marinha israelense abre fogo com frequência, às vezes de forma letal, contra os barcos palestinos nos limites da zona de pesca. Os pescadores denunciam que são alvos de tiros das forças israelenses mesmo quando não atravessam o limite das 6 milhas - o mesmo aconteceria do lado egípcio.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.