Youssef Chadad toma posse como novo chefe do governo na Tunísia

Novo premiê tunisiano Youssef Chahed, em Tunis, 3 de agosto de 2016.
Novo premiê tunisiano Youssef Chahed, em Tunis, 3 de agosto de 2016. REUTERS/Zoubeir Souissi
Texto por: RFI
2 min

O presidente tunisiano Beji Caid Essebsi nomeou nesta quarta-feira (3) o ministro dos Assuntos Internos, Youssef Chahed, de 40 anos, como chefe do gabinete de unidade nacional.

Publicidade

Youssef Chahed, que tem 30 dias para formar uma nova equipe de governo, segundo a Constituição local, disse que as consultas começarão imediatamente.

"Hoje, estamos entrando em uma nova fase que exigirá esforço, sacrifício, coragem, audácia, abnegação e soluções saídas de uma estrutura clássica", declarou o novo premiê Chahed à imprensa no palácio presidencial de Cartago, afirmando que suas prioridades são o combate ao terrorismo e à corrupção. "Será um governo político, um governo de competências, de jovens", prometeu ele, afirmando que as mulheres "serão melhor representadas".

A nomeação de Youssef Chahed ocorre depois que o Parlamento tunisiano retirou neste sábado (30) seu voto de confiança ao chefe de governo Habib Essid, apenas 18 meses após a sua nomeação. Com um placar de 118 votos contra, três a favor e 27 abstenções, os deputados retiraram seu apoio ao Executivo.

O presidente Essebsi havia aprovado em 2 de junho deste ano um governo de unidade nacional frente às críticas contra o antigo chefe do gabinete, acusado de ineficiência num momento em que a Tunísia atravessa um período sensível, com uma economia em crise e frequentes ataques extremistas.

Desde o anúncio do nome de Chahed nos últimos dias, alguns saudaram a sua juventude (fará 41 anos em setembro), enquanto outros criticaram a promoção de um membro do governo que está de saída, ao mesmo tempo que denunciam o parentesco do novo chefe de gabinete com o governo do presidente Beji Caid Essebsi.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.