rússia/facebook

Televisão russa protesta após bloqueio de páginas com milhões de seguidores no Facebook

Sede do canal de televisão Russia Today em Moscou, em 14 de novembro de 2017.
Sede do canal de televisão Russia Today em Moscou, em 14 de novembro de 2017. ILIYA PITALEV / SPUTNIK / AFP

O canal russo de TV Russia Today (RT) protestou nesta segunda-feira (18) depois que o Facebook bloqueou várias de suas páginas, incluindo uma com vários milhões de assinantes. O Kremlin equiparou a rede social a uma "ferramenta de pressão" de Washington.

Publicidade

Várias páginas do canal russo, incluindo a popular In the Now, que é especializada em vídeos virais, ficaram inacessíveis no Facebook na segunda-feira. "Tivemos um projeto secundário em inglês, muito  bem-sucedido: 2,5 bilhões de visualizações e 4 milhões de inscritos apenas no Facebook!", declarou a editora-chefe da RT no Twitter, Margarita Simonian.

De acordo com ela, o bloqueio do Facebook aconteceu na sequência de uma reportagem do canal norte-americano CNN, que afirmava que o projeto do RT é financiado pelo Estado russo. "O Facebook imediatamente nos bloqueou sem fornecer nenhuma explicação", acrescentou Simonian, dizendo que o RT "não violounenhuma regra".

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que o RT precisa "receber uma explicação do Facebook sobre o motivo exato do bloqueio". "Muitas grandes empresas que fornecem redes sociais e outros serviços baseados na Internet estão sendo usados ​​pelos governos de países hostis como uma ferramenta de pressão na mídia russa", disse Peskov.

"Isso leva a uma perda de confiança e prejudica seriamente a reputação dessas empresas internacionais", completou.

Russia Today e Sputnik na mira dos franceses

O Facebook anunciou no mês passado que removeu 500 páginas relacionadas à Rússia, a maioria das quais é afiliada à agência de notícias pública Sputnik, que também está sob a responsabilidade de Margarita Simonian.

O canal e a agência RT e Sputnik estão na mira dos deputados franceses, que votaram em novembro passado duas leis para lutar contra "a manipulação da informação" durante o período eleitoral na França.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.