Acessar o conteúdo principal

Manifestações continuam pela décima sexta-feira seguida na Argélia

Manifestantes vão às ruas na Argélia pela décima semana consecutiva.
Manifestantes vão às ruas na Argélia pela décima semana consecutiva. AFP
Texto por: RFI
2 min

Mais uma vez as ruas de Alger foram tomadas pela multidão nesta sexta-feira (26). É o décima semana consecutiva de protestos na Argélia contra as pessoas "do sistema" que continuaram no poder depois da renúncia do presidente Abdelaziz Bouteflika, no último dia 2 de abril

Publicidade

Não há números oficiais sobre as manifestações, mas elas têm mostrado que os ativistas continuam determinados, em várias cidades do país, a conseguir seu objetivo: a saída de integrantes do regime Bouteflika e a instalação de instituições de transição. Há também críticas a processos de investigação de corrupção.

Essa semana, empresários foram presos em um processo que investiga corrupção, mas o povo que está nas ruas não parece convencido da idoneidade do processo. Nesta sexta-feira era possível ver cartazes que diziam: "Queremos uma justiça independente".

Também havia reivindicações ligadas ao direito de manifestar. Desde ontem, a polícia construiu barreiras para controlar o acesso à capital. A imprensa oficial registrou manifestações em 36 das 48 regiões do país e não noticiou nenhum incidente.

No começo da noite, as ruas da cidade já estavam vazias. Neste momento, o ramadã se aproxima, mas muitas pessoas dizem que continuarão a mobilização mesmo com o jejum.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.