Acessar o conteúdo principal

Presidente turco faz visita surpresa a museu que volta a ser mesquita em Istambul

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao sair da ex-basílica de Santa Sofia, em Istambul (19/07/20).
O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao sair da ex-basílica de Santa Sofia, em Istambul (19/07/20). Servicio de Prensa de la Presidencia de Turquía/AFP
Texto por: RFI
2 min

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, visitou neste domingo (19) a antiga basílica de Santa Sofia, localizada em Istambul, a primeira desde a polêmica reconversão do museu em mesquita, na semana passada.

Publicidade

Erdogan observou os trabalhos de reconversão no interior do prédio, informou a presidência, que divulgou fotos de andaimes. A visita, inesperada, aconteceu dias antes da primeira oração muçulmana no local desde a sua reconversão em mesquita, prevista para a próxima sexta-feira.

Na semana passada, o mais alto tribunal administrativo da Turquia revogou uma decisão governamental de 1934 que conferia a Santa Sofia o status de museu. Quando a decisão se tornou pública, Erdogan anunciou a reconversão do prédio em mesquita.

Papa se disse "aflito" com a decisão

Segundo a Autoridade de Assuntos Religiosos (Diyanet), 500 pessoas participarão da oração coletiva de sexta-feira. Os ícones cristãos que adornam o interior da antiga basílica bizantina ficarão cobertos durante as orações, segundo a Diyanet.

A decisão de restituir a basílica ao culto muçulmano gerou críticas no exterior, principalmente na Grécia, país que acompanha de perto o destino do patrimônio bizantino na Turquia. O Papa Francisco se manifestou "muito aflito" com a reconversão.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.