Acessar o conteúdo principal

Paraíso fora do alcance: Bali ficará fechada para turistas estrangeiros até 2021

A ilha de Bali ficará fechada para turistas estrangeiros até 2021.
A ilha de Bali ficará fechada para turistas estrangeiros até 2021. AFP/File
Texto por: RFI
2 min

O governador de Bali confirmou: a ilha, principal destino turístico da Indonésia, manterá suas fronteiras fechadas até 2021. A medida é necessária: a Indonésia é o país mais afetado pelo coronavírus no Sudeste Asiático. No entanto, o fechamento tem graves consequências econômicas para a ilha que recebeu 6 milhões de turistas estrangeiros em 2019.

Publicidade

De Gabrielle Maréchaux, correspondente da RFI em Kuala Lumpur

"A situação na Indonésia não é boa o suficiente para permitir que turistas estrangeiros visitem a Indonésia, incluindo Bali", disse o governador Wayan Koster em um documento datado de 22 de agosto. A dura decisão foi tomada: nenhum turista estrangeiro poderá vir a Bali neste ano.

Já faz seis meses que Made Merta, que antes era guia de caminhadas na ilha, parou de ter trabalho. “Tive que começar do zero, aprender um novo emprego, que consegui graças a um amigo. Agora sou um trabalhador agrícola diário. Tive de desenvolver habilidades que não eram minhas. Mas agora posso trabalhar de novo, e é uma sorte porque tenho que sustentar a mim e aos meus filhos”, explica ele.

Made Merta não é o único que teve de se reciclar em busca de um novo emprego. Metade dos balineses vive do turismo e aguarda ansiosamente o retorno da fonte de renda.

“Todos nós aqui em Bali esperamos e rezamos para que o turismo volte rapidamente ao normal ”, afirma Merta.

Ao longo do ano, esses trabalhadores tiveram suas expectativas frustradas várias vezes. A reabertura das fronteiras foi anunciada para julho e depois para setembro. Agora, as autoridades terão mais quatro meses para controlar a situação.

Na Indonésia, mais de 162.000 pessoas tiveram Covid-19. A doença já matou mais de 7.000 pessoas no país.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.