Acessar o conteúdo principal

Covid-19 já matou mais de 916 mil pessoas no mundo

Cemitério de San Diego, em Quito, Equador (21/07/20).
Cemitério de San Diego, em Quito, Equador (21/07/20). AFP
Texto por: RFI
2 min

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 916.372 pessoas no mundo todo, desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou o início da doença, no final de dezembro, na China. Os dados fazem parte de um relatório da AFP, a partir de fontes oficiais, divulgado neste sábado (12).

Publicidade

Mais de 28.534.330 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados desde o começo da epidemia, dos quais mais de 19 milhões já são considerados curados.

Esse total de casos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma parte do número real de contaminações. Alguns países testam apenas casos graves, outros priorizam o rastreamento e muitas nações pobres têm capacidade limitada para testagem.

Os Estados Unidos são o país com maior número de mortes e casos – 193.016 óbitos para 6.445.800 contaminações -, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Em seguida, os países mais afetados são o Brasil, com 130 mil mortes para 4,2 milhões de casos; a Índia, com 77,4 mil óbitos e 4,6 milhões de casos, e México, com 70 mil mortes para 658 mil casos.

O Peru é o país com maior número de mortes em relação à população, com 92 mortes por cem mil habitantes, seguido pela Bélgica (86), Espanha (64), Bolívia (62) e Chile (62).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) totalizou oficialmente 85.174 casos, com 4.634 mortes.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.