Convidado

Coronavírus: OMS aconselha países africanos a "prepararem-se para o pior"

Áudio 08:39
OMS avisa África sobre coronavírus: "Deve preparar-se para o pior"
OMS avisa África sobre coronavírus: "Deve preparar-se para o pior" AFP/File

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu esta quarta-feira aos países africanos para se prepararem já para o pior e enfrentarem a ameaça da pandemia do coronvírus.

Publicidade

África registou esta quinta-feira a primeira morte pela doença Covid-19 e, apesar do continente ser o menos afectado até ao momento, certo é que o número de casos começou a aumentar e vão já em cerca de 700 infecções diagnosticadas em mais de 30 países.

 O Egipto é o que regista até agora o maior número de casos, cerca de 200. A África do Sul, uma das principais potências económicas do continente, já testou 120 casos positivos do novo coronavírus.

Nos países lusófonos do continente ainda não há qualquer diagnóstico positivo da doença Covid-19. Ainda assim, são várias as medidas que estão a ser tomadas.

Na Guiné Bissau, por exemplo, foram fechadas as fronteiras e cancelados todos os voos independentemente da origem.

Salomão Crima, epidemiologista no país, explica as medidas de prevenção que estão a ser levadas a cabo e garante que está a ser adquirido material de proteção. O especialista fala ainda numa sociedade guineense preocupada.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI