Acesso ao principal conteúdo
Artes

"Este é o momento de redefinir modelos culturais e exposição cultural"

Áudio 11:43
Salas de espectáculos encerradas por medidas sanitárias da Covid-19
Salas de espectáculos encerradas por medidas sanitárias da Covid-19 © AFP PHOTO LOIC VENANCE
Por: Lígia ANJOS

Os artistas e produtores culturais angolanos já alertaram que têm "dificuldades em sobreviver" neste período de confinamento social e de actividades culturais canceladas, devido à pandemia da covid-19.

Publicidade

A desigualdade social reflecte-se em qualquer crise aponta o escritor angolano Ondjaki, e mais ainda quando já existem desigualdades de acessos entre distritos. "Este é o momento de redefinir os modelos culturais e de exposição cultural", defende Ondjaki.

Em Cabo Verde, os operadores turísticos e os agentes culturais já estão a manifestar sinais de retracção e de redução do rendimento dos trabalhadores, dados assumidos no programa de mitigação divulgado pelo governo.

Na Cidade da Praia, Tchalé Figueira, artista plástico cabo-verdiano, inventa para combater a ansiedade.

Em Moçambique é proibida a realização de eventos religiosos, culturais, recreativos, desportivos, políticos, associativos, turísticos. Durante o estado de Emergência em vigor até 30 de Maio. Quanto à escrita, o trabalho é mais solidário, também as edições têm sido afectadas, descreve escritor moçambicano Mia Couto.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.