Acesso ao principal conteúdo
CEDEAO

Covid-19: CEDEAO aponta "consequências verdadeiramente preocupantes"

presidente da Comissão da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Jean-Claude Kassi Brou
presidente da Comissão da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Jean-Claude Kassi Brou © cedeao
Texto por: Lígia ANJOS
3 min

O presidente da Comissão da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental CEDEAO afirmou este sábado, 25 de Julho, durante o discurso de encerramento da 2ª Sessão Extraordinária do Parlamento da CEDEAO, que os efeitos da pandemia de Covid-19 na sub-região são "verdadeiramente preocupantes".

Publicidade

O presidente da CEDEAO, Jean-Claude Kassi Brou, afirmou este sábado, 25 de Julho, que os efeitos da pandemia de Covid-19 na sub-região são "verdadeiramente difíceis e com consequências negativas do ponto de vista económico, financeiro, social, politico e  de segurança humanitária".

“Do ponto de vista económico-financeiro esta crise irá provocar, este ano, uma recessão económica na nossa sub-região, na ordem de 2,1%, com impacto significativo no PIB e nas importações dos Estados membros da CEDEAO”, afirmou Jean-Claude Kassi Brou, sublinhando que, até 1 de Julho de 2020, se registaram em toda a comunidade, 107.716 casos confirmados de Covid-19 e 1.706 vítimas mortais, por causa do novo coronavírus.

O Presidente CEDEAO manifestou ainda toda a solidariedade da instituição que dirige e expressou as mais sentidas condolências aos Estados e governos da CEDEAO, bem como às famílias enlutadas, pela perda dos entes queridos, vítimas da Covid-19.

A pedido do presidente da Comissão da CEDEAO, a morte do primeiro-ministro da Costa do Marfim Amadou Gon Coulibaly, vítima de Covid-19,mereceu um minuto de silêncio, juntamente com todas as vítimas do novo coronavírus e do terrorismo na sub-região.

Durante a Cimeira Extraordinária foram criadas três comissões de coordenação ministerial: "a primeira responsável pela saúde, a segunda pelas finanças e a terceira pelos transportes, logística e comércio, para apoiar os Estados membros na mitigação dos efeitos de COVID-19”, enumerou Jean-Claude Kassi Brou, acrescentando que um fundo de solidariedade e de apoio às vítimas do novo coronavírus, também foi criado. 

Já no final do seu discurso, o presidente da CEDEAO exortou aos deputados comunitários para se juntarem à comissão, na luta contra a Covid-19, devolvendo melhores condições socio-económicas às populações.

“O Parlamento, enquanto elemento catalisador e de alavanca de todo o sistema da Comissão da CEDEAO, deve desempenhar as funções para que, em articulação connosco e numa lógica de sinergia, possamos contribuir para o desenvolvimento económico e social das populações da sub-região”, concluiu Jean-Claude Kassi Brou, para quem só assim o espaço comunitário poderá transformar-se numa aldeia sub-regional forte, com paz, segurança e desenvolvimento.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.