Acesso ao principal conteúdo
Congo/França

Exéquias de antigo presidente congolês Pascal Lissouba

Pascal Lissouba, antigo presidente do Congo-Brazzaville.
Pascal Lissouba, antigo presidente do Congo-Brazzaville. AFP/Jamal A. Wilson
Texto por: Miguel Martins
2 min

Foi hoje a sepultar em Perpignan, sul de França, Pascal Lissouba. Os restos mortais do antigo presidente do Congo Brazzaville devem ser transferidos a prazo para o seu país natal. 

Publicidade

Não se conhece nem a data nem os detalhes das exéquias definitivas de Pascal Lissouba no Congo.

Por enquanto ele fica sepultado em Perpignan.

O antigo chefe de Estado congolês estava exilado nesta cidade do sul de França.

O seu funeral foi celebrado esta tarde na sé catedral.

Este que foi o primeiro chefe de Estado do antigo Congo francês eleito num escrutínio pluralista em 1992 faleceu há uma semana com 88 anos, vítima de doença.

Ele tinha sido derrubado em 1997 pelo actual presidente, Denis Sassou Nguesso, com a intervenção activa de tropas angolanas.

A sua presidência tinha sido marcada por conflitos sangrentos que degenerariam em guerra civil que lhe iria custar o poder.

Formado em ciências naturais em França ele desempenhou altas responsabilidades políticas, mas também a desgraça, a cadeia e o exílio.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.