Acesso ao principal conteúdo
Níger

Ataques no Níger fazem 100 mortos

Níger. Imagem de Ilustração.
Níger. Imagem de Ilustração. © Ludovic MARIN / POOL / AFP
Texto por: Marco Martins com AFP
2 min

Pelo menos 100 pessoas morreram em ataques contra duas aldeias no Oeste do Níger cometidos no sábado, 2 de Janeiro, disse à AFP o autarca de Tondikiwindi, Almu Hassan, neste que pode ser o pior massacre de civis neste país alvo de grupos jihadistas.

Publicidade

«Acabamos de regressar do local dos ataques, em Tchoma Bangou houve cerca de 70 mortos e em Zaroumadareye 30 vítimas mortais», declarou o autarca de Tondikiwindi, município que agrega as duas aldeias.

O presidente da câmara explicou que «os terroristas entraram nas aldeias conduzindo uma centena de motas».

Almu Hassan adiantou ainda que «também houve 25 feridos, alguns dos quais evacuados para Niamey e Ouallam para serem tratados».

Segundo o autarca, «os terroristas dividiram-se em duas colunas» para atacar as duas aldeias separadas por 7 quilómetros. «Enquanto alguns atacaram Zaroumadareye, outros atacaram Tchoma Bangou», afirmou Almu Hassan.

Ambas as localidades ficam a cerca de 120 km a norte da capital, Niamey, na região de Tillabéri, na fronteira com o Mali e o Burkina Faso. Esta região é, há anos, um alvo frequente dos grupos jihadistas.

Este duplo ataque, que as autoridades locais anunciaram no sábado sem dar um balanço preciso das vítimas, foi cometido no mesmo dia em que foram anunciados os resultados da primeira volta das eleições presidenciais.

O candidato do partido no poder e ex-ministro do Interior, Mohamed Bazoum, que acabou a primeira volta na frente com 39,33% dos votos, prometeu reforçar a luta contra os grupos jihadistas.

Recorde-se que Mohammed Bazoum e Mahamane Ousmane são os dois classificados para a segunda volta das eleições presidenciais do dia 20 de Fevereiro. Mohammed Bazoum, candidato do partido no poder, obteve mais de 39% na primeira volta das presidenciais, enquanto, Mahamane Ousmane, conseguiu 16,6% dos sufrágios, num escrutínio presidencial que contava com cerca de 30 candidatos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.