Chade /Política

Idriss Déby candidata-se a sexto mandato no Chade após investidura de partido

Idriss Deby Itno, Presidente do Chade candidata-se a um sexto mandato após investidura pelo seu partido, no dia 6 de Fevereiro  de 2021.
Idriss Deby Itno, Presidente do Chade candidata-se a um sexto mandato após investidura pelo seu partido, no dia 6 de Fevereiro de 2021. © BRAHIM ADJI / AFP
Texto por: RFI
5 min

O Presidente cessante do Chade, Idriss Déby, foi designado pelo seu partido para candidatar-se a um novo mandato. A eleição presidencial no país da África Central decorrerá no dia 11 de Abril. Favorito à sua  sucessão, Déby poderá a partir da referida data iniciar o seu sexto mandato como chefe de Estado chadiano.     

Publicidade

Com  68  anos  de idade,  Idriss Déby Itno,  comanda o  destino   do Chade com  punho  de  ferro.  Déby  beneficia  de  um amplo apoio  da  comunidade  internacional,  que  o considera  um  aliado  essencial  na luta contra os jiadistas ,  assim  como  um  elemento estabilizador   a  região, numa altura  em que o seu  país  está rodeado  por  Estados desestruturados como a  Líbia, a República Centroafricana e o  Sudão.

Segundo os  analistas a escolha  de  Idriss Déby  pelo  Movimento Patriótico  da  Salvação ( MPS ),  partido  do chefe de Estado  cessante do Chade, não   é  uma supresa  .

Déby afirmou com   que  ele  aceitou ser o candidato do  seu partido, somente  após  uma  profunda  reflexão e  considerou   que a sua candidatura  é  o  resultado  de  um apelo  do  povo.  

A  oposição  chadiana  lançou   um apelo , no  sábado,  para  que  a população   proteste e  reclame mais  justiça social,bem como alternância política.  Alegando  riscos  de  perturbação da ordem pública,  as autoridades  proibiram  a  organização  de  manifestações  no  país.   

Succès Masra, um dos  principais  opositores ao  presidente Déby , refugiou-se, no sábado, no perímetro de segurança da embaixada dos Estados Unidos,  depois  da polícia ter dispersado  com gás  lacrimogénio, em N'Djamena, apoiantes da oposição que  manifestavam  na companhia de Masra.

Masra afirmou  que  ele  e dez partidários seus salvaram as suas  vidas, graças aos  funcionários da representação norte-americana.

Chegado ao poder pelas  armas  em 1990, ao  derrubar  Hissène Habré com  o apoio  da França, Idriss  Déby  foi  em seguida eleito  presidente na sequência da primeira eleição pluri-partidária  chadiana  em 1996, ao  obter na segunda volta 69% dos  votos.

Posteriormente ele será, de cada vez, eleito desde a primeira volta, mas a oposição acusa Déby de cometer fraudes eleitorais.

No seu discurso de investidura partidária, Idriss  Déby  Itno,   declarou   que  um  dos  seus  objectivos  é o de conter  o terrorismo e a insegurança,  de  forma a criar as condições, para que o Chade prossiga a sua marcha  como país emergente.

Uma  coligação  formada  por doze  partidos da oposição, denominada  "Aliança Vitória",  terá um candidato único, que  será o principal  adversário  de Déby, na  eleição  presidencial  de 11  de Abril. 

Idriss Déby candidata-se à um sexto mandato no Chade 07 02 2021

                            

 

                    

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI