Chade

Chade enterra presidente Idriss Déby

Responsáveis militares nas exéquias de Idriss Déby a 13 de Abril de 2021 em Ndjamena, no Chade.
Responsáveis militares nas exéquias de Idriss Déby a 13 de Abril de 2021 em Ndjamena, no Chade. © Christophe Petit Tesson/AFP

O presidente Idriss Déby morto em combate no início da semana ia hoje a sepultar na sua aldeia natal, perto da fronteira com o Sudão. O dia em Ndjamena foi de exéquias na presença de mais de uma dezena de chefes de Estado africanos. O presidente francês, Emmanuel Macron, e o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, também marcaram presença na homenagem a Déby.

Publicidade

A França nunca deixará ninguém ameaçar o Chade, declarou Emmanuel Macron em Ndjamena, na sua intervenção nas exéquias de Idriss Déby.

O filho do presidente defunto, Mahamat Idriss Déby, preside o Conselho militar de transição implementado após o anúncio da morte do pai, que tinha acabado de ser reeleito para um sexto mandato.

Déby tinha chegado ao poder em 1990 aquando de uma rebelião armada. O seu filho de 37 anos lidera a transição que deve conduzir o país para eleições no espaço de 18 meses vigorando até lá uma Carta de transição.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI