República Democrática do Congo declara fim de epidemia de Ébola

 Cartaz de ilustração para a luta contra  propagação da febre hemorrágica Ebola
Cartaz de ilustração para a luta contra propagação da febre hemorrágica Ebola © DR

As autoridades de Kinshasa anunciaram, na segunda-feira, o fim oficial da décima segunda epidemia de Ébola , na RDC. A doença viral foi neutralizada, três meses depois do seu ressurgimento no Norte-Kivu, graças à utilização de uma vacina.  

Publicidade

Segundo o ministro da Saúde da República Democrática do Congo, Jean-Jacques Mbungani, desde o ressurgimento  da  epidemia de Ébola, no dia 7 de Fevereiro passado, registaram-se um total de 12 casos, com  seis mortes e centenas de pessoas vacinadas.

De acordo com Mbungani,  que declarou segunda-feira, oficialmente o fim do décimo segundo surto de Ébola no seu  país, a eliminação do vírus de doença foi possível com a utilização da vacina  rVSV-ZEBOV, fabricada pelo laboratório norte-americano Merck Sharpe and Doma (MSD).

A epidemia ressurgiu em Butembo, uma zona do Norte-Kivu, já  atingida  entre Agosto de 2018 e Junho  de 2020, pelo mais importante surto de febre hemorrágica Ébola, na história da RDC. Na  época registaram-se 3,470 infecções e 2,287 mortes.

Não obstante a declaração oficial,o governo congolês apelou a população à vigilância e a permanecer em contacto com as equipas de supervisão, que  devem continuar a trabalhar com as autoridades locais do Norte-Kivu.

O vírus da Ebola foi detectado em 1976 por Peter Piot e um grupo de cientistas internacional, entre os  quais o congolês Muyembe. A Ébola é transmissível às pessoas pelos animais infectados.

De pessoa a pessoa, o vírus Ébola transmite-se através dos líquidos corporais, e os principais sintomas da doença são a febre, vómitos, sangramentos e diarreia.

A maior epidemia de febre hemorrágica ocorreu na África ocidental entre 2013 e 2016, provocando 11.000 mortes   

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI