Espanha acusa Marrocos de “chantagem”

Migrantes marroquinos a tentarem entrar em Ceuta a nado. 19 de Maio de 2021.
Migrantes marroquinos a tentarem entrar em Ceuta a nado. 19 de Maio de 2021. AFP - FADEL SENNA

A ministra espanhola da Defesa, Margarita Robles, avisou Marrocos de que Espanha irá “usar todos os meios necessários para garantir a integridade territorial e vigiar as fronteiras”. “Não vamos aceitar chantagens, a integridade de Espanha não é negociável nem está em jogo”, disse a Ministra em entrevista à RNE.

Publicidade

A ministra espanhola da Defesa, Margarita Robles, acusa Marrocos de “chantagem” ao utilizar os seus cidadãos, incluindo crianças, numa “agressão às fronteiras espanholas e da União Europeia”.

Sem revelar detalhes sobre o destacamento militar na zona, a ministra recordou que as Forças Armadas têm presença permanente em Ceuta e em Melilla, tal como em muitas outras cidades espanholas.

Desde a madrugada de segunda-feira, milhares de pessoas cruzaram a fronteira entre Marrocos e Ceuta, perante a passividade das autoridades marroquinas. A agência France Presse fala em mais de 8.000 migrantes.

A posição firme da ministra da Defesa surge no dia a seguir ao restabelecimento dos controlos fronteiriços do lado marroquino, após uma tomada de posição da União Europeia e de vários dos seus membros.

Para além da crise diplomática com Marrocos, Espanha tem agora um outro problema: dar assistência e alojamento aos milhares de pessoas, entre as quais cerca de 1.000 crianças, que entraram em Ceuta nos últimos dias.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI