África do Sul: Jacob Zuma entregou-se à polícia

Jacob Zuma, ex-Presidente da África do Sul.
Jacob Zuma, ex-Presidente da África do Sul. AFP - EMMANUEL CROSET

O ex-Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, entregou-se, na noite desta quarta-feira, às autoridades policiais para cumprir uma pena de prisão de 15 meses por desrespeito à Justiça.

Publicidade

Jacob Zuma entregou-se às autoridades minutos antes da meia-noite local que era o prazo limite para a sua detenção ordenada pelo Tribunal Constitucional. Um porta-voz do Ministério da Polícia, Lirandzu Themba, confirmou a informação. Horas antes, o ex-Presidente solicitou ao Tribunal para reconsiderar a ordem de prisão e o pedido será analisado na próxima segunda-feira.

A 29 de Junho, o Tribunal Constitucional da África do Sul condenou o ex-Presidente a 15 meses de prisão por não ter comparecido perante a comissão que investiga alegações de corrupção no país durante o seu mandato de 2009 a 2018. Jacob Zuma tinha cinco dias para se entregar à polícia. 

Jacob Zuma, de 79 anos - com muitos apoiantes no seu partido ANC e que passou dez anos na prisão de Robben Island ao lado de Nelson Mandela durante o Apartheid - foi forçado a demitir-se em 2018 devido a uma série de escândalos e abusos de poder.

Ele está a ser julgado num outro caso que investiga acusações de corrupção, branqueamento de capitais e fraude, relacionadas com um negócio de armas multimilionário, assinado no final dos anos noventa.

Jacob Zuma teve, ainda, de devolver em 2016, por ordem do Tribunal Constitucional, meio milhão de euros de dinheiro público, gasto de forma irregular em obras na sua residência privada que teriam custado 20 milhões de euros.

No caso de o ex-Presidente não se entregar, a polícia tinha destacado mais de 70 veículos, incluindo uma unidade de intervenção especial antimotim, para o local da sua residência na zona de Nkandla, província do KwaZulu-Natal.

Os apoiantes de Jacob Zuma ficaram na rua após as 22 horas, apesar do recolher obrigatório decretado no âmbito da luta contra a pandemia de Covid-19.

É a primeira vez na história da África do Sul que um ex-Presidente é condenado a uma pena de prisão.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI