Argélia/Marrocos

Argélia corta relações diplomáticas com Marrocos

Ramtane Lamamra, ministro dos Negócios Estrangeiros da Argélia, em conferência de imprensa. 24 Agosto de 2021.
Ramtane Lamamra, ministro dos Negócios Estrangeiros da Argélia, em conferência de imprensa. 24 Agosto de 2021. - AFP

A Argélia decidiu cortar as suas relações diplomáticas com Marrocos devido a "acções hostis" perpetradas pelo país vizinho. 

Publicidade

A decisão foi anunciada esta terça-feira, 24 de Agosto, por Ramtane Lamamra, ministro dos Negócios Estrangeiros da Argélia, em conferência de imprensa.

O governante avançou que esta decisão se pretende com a história, uma vez que "o reino de Marrocos nunca parou de realizar acções hostis para com a Argélia".

Ramtane Lamamra atribui "aos dirigentes do reino a responsabilidade das crises repetidas, que se agravaram", uma atitude que "conduz ao conflito" no Magrebe, região no norte de África.

Recorde-se que o Alto Conselho de Segurança argelino decidiu rever na semana passada as relações com Marrocos, uma vez que o país é acusado de estar envolvido nos incêndios no norte da Argélia.

"Os incessantes actos hostis perpetrados por Marrocos contra a Argélia exigiram a revisão das relações entre os dois países e a intensificação dos controlos de segurança nas fronteiras ocidentais", avança ainda um comunicado oficial argelino.

De salientar que a tensão entre os dois países não é recente, no entanto, tem vindo a intensificar-se nos últimos dias. A Argélia defende que os incêndios no norte do país têm mão criminosa e acredita que foram provocados por grupos terroristas, que contam com o apoio de Marrocos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI