Acesso ao principal conteúdo

CPLP: Presidente são-tomense fala de afirmação de bloco lusófono

Evaristo de Carvalho, Presidente  de São Tomé  e Príncipa.
Evaristo de Carvalho, Presidente de São Tomé e Príncipa. RFI/Liliana Henriques
Texto por: RFI
3 min

Evaristo de Carvalho referiu-se ao alargamento da CPLP à outros países de espaços linguísticos diferentes como uma afirmação da organização.O Presidente santomense disse que a livre circulação de pessoas é imperativa. Mais pormenores com Maximino Carlos.

Publicidade

A CPLP(Comunidade de Países de Língua Portuguesa) cuja cimeira tem lugar a partir de terça-feira, 17 de Julho na Praia, em Cabo Verde, prepara-se para encetar uma nova fase,com a implementação do estatuto dos novos observadores associados ,entre os quais a França e o Reino Unido, bem como o debate sobre a internacionalização da língua portuguesa e a livre circulação dos cidadãos do bloco lusófono no seu espaço.

Sábado, no decurso de uma confereência de imprensa,o Presidente de Cabo Verde Jorge Carlos Fonseca fez alusão ao futuro do IILP( Instituto Internacional da Língua Portuguesa), cujo funcionamento, de acordo com o chefe de Estado cabo verdiano, dependerá do compromisso financeiro de cada Estado da CPLP.

Em São Tomé e Príncipe o seu homólogo, Evaristo Carvalho referiu-se aos novos observadores associados e sublinhou que o alargamento da CPLP à países de espaços linguísticos diferentes significa uma afirmação da organização.

O Presidente santomense considerou igualmente que a livre circulação de pessoas é imperativa no seio do bloco lusófono. De acordo com Evaristo Carvalho o referido assunto arrasta-se há anos e agora é necessário pensar na sua implementação.

A XII Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que decorre de 17 a 18 de Julho na ilha do Sal, assinalará o início da presidência cabo verdiana do bloco lusófono.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.