Política/Salvador

Candidato anti-sistema ganha eleição no Salvador

Nayib Bukele, Presidente-eleito do El Salvador durante uma conferência de imprensa  em San Salvadoe  no dia 3 de Fevereiro de 2019
Nayib Bukele, Presidente-eleito do El Salvador durante uma conferência de imprensa em San Salvadoe no dia 3 de Fevereiro de 2019 MARVIN RECINOS / AFP

O antigo edil de San Salvador, Nayib Bukele foi eleito domingo Presidente da República de Salvador, pondo termo ao sistema bipartidário que existia desde o fim da guerra civil eml 1992. Bukele, o homem da indumentária informal simbolizada pela calça jeans, o colete de couro e o boné de beisebol, reivindicou,durante a sua campanha, ser um anti-sistema.

Publicidade

Segundo a Comissão Eleitoral do Salvador, Nayib Bukele de 37 anos de idade venceu a eleição presidencial com 53.78 por cento dos votos, depois de terem sido apuradas 87.67% dos sufrágios.

O candidato "anti-sistema" derrotou nas urnas os seus rivais Carlos Calleja, do partido da direita Aliança Nacionalista Republicana( ARENA) ,que obteve 31.62 % dos votos e Hugo Martinez da esquerdista Frente Farabundo Marti para a Libertação Nacional ( FFMLN) com apenas 13.77 por cento dos votos.

Favorito nas intenções de voto durante a campanha, Bukele foi o candidato do pequeno partido conservador Grande Aliança pela União Nacional (GANA) que o acolheu depois de ele ter sido excluído da Frente Farabundo Marti para a Libertação Nacional, partido formado por membros oriundos de ex-grupos de guerrilha.

Alcunhado de andorinha, Bukele, que é de origem palestiniana, tinha naturalmente ingressado na FFMNL seguindo as pegadas da sua família que durante a guerra civil salvadorenha tinha apoiado clandestinamente os líderes da guerrilha.

Nayib Bukele iniciou a sua carreira política em 2012 como presidente do município de Nuevo Cuscatlan,na região de Salvador e em 2018 foi eleito edil da capital, San Salvador.

Bukele foi expulso da Frente Farabundo Marti para a Libertação Nacional em 2017, após uma altercação com um vereador.

Nayib Bukele ,que recorreu as redes sociais para mobilizar a juventude a seu favor, baseou a sua agenda de campanha na luta anti-corrupção, proclamando que existe dinheiro suficiente em Salvador, para que toda a população possa viver decentemente.

Todavia, segundo os analistas, entre os grandes problemas a serem resolvidos por Bukele, estão a pobreza e a eviolência endémica que prevalece no Salvador alimentada por uma guerra de gangues para o controlo do tráfico de drogas.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI