Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde: espécies endémicas em risco devido ao tamanho do país

Imagem do plástico acumulado na ilha de Santa Luzia, Cabo Verde
Imagem do plástico acumulado na ilha de Santa Luzia, Cabo Verde SPEA - Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves
Texto por: RFI
3 min

Cabo Verde tem, em matéria de fauna, várias espécies endémicas em risco de extinção, por causa do tamanho do pais. Para inverter o cenário, a direcção nacional do ambiente tem elaborado planos de conservação e preservação de espécies em perigo.

Publicidade

Cerca de 20% das espécies existentes em Cabo Verde estão ameaçadas e 78% da flora endémica está em vias de extinção. Os dados são da Direcção Nacional do Ambiente e foram divulgados pela imprensa cabo-verdiana.

Em entrevista à rádio pública, a directora do Serviço de Conservação da Natureza da Direcção Nacional do Ambiente de Cabo Verde, Sónia Araújo, afirmou que em em matéria de fauna, várias espécies endémicas estão em risco de extinção, por causa do tamanho do país

O avanço das zonas urbanas tem ameaçado a flora endémica no arquipélago, mas segundo a directora de Serviço de Conservação da Natureza a Direcção Nacional do Ambiente vêm sendo realizado trabalhos de conservação e decretadas zonas para a preservação de espécies em perigo.

No país existem 46 áreas protegidas, das quais 26 já têm instrumentos de gestão. O objectivo é até 2021 dotar 36 áreas protegidas de planos de gestão.

O plano estratégico de conservação da Biodiversidade em Cabo Verde começou e2015 e vai até 2030.

Com a colaboração de Odair Santos, correspondente em Cabo Verde.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.