Acesso ao principal conteúdo
Saúde e Medicina/República Democrática do Congo

Novo surto de Ébola mata mais de 2 mil pessoas na RDC

Distribuição de alimentação às populações de Butembo, zona afectada pelo surto de Ébola, na República Democrática do Congo
Distribuição de alimentação às populações de Butembo, zona afectada pelo surto de Ébola, na República Democrática do Congo World Food Programme
Texto por: RFI
4 min

O novo surto de Ébola que afecta em particular o leste da República Democrática do Congo e se alastrou à paises vizinhos como o Uganda , já provocou a morte de mais de dois milhares de pessoas, segundo estatísticas divulgadas pela Organização Mundial de Saúde. A epidemia foi declarada há um ano no leste congolês, onde é esperado domingo, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

Publicidade

O número total de casos de Ébola atinge os 3.004 , dos quais 2.899 confirmados e 105 prováveis. Na sexta-feira, as autoridades congolesas assinalaram a morte de 2.006 pessoas, como primeiro balanço da epidemia declarada no dia 1 de Agosto de 2018.

No decurso do combate à este décimo surto de Ébola , que provoca a febre hemorrágica, e é o mais grave até a data na RDC, um número superior à 200.000 pessoas foram vacinadas .

De acordo com as autoridades competentes, a corrente epidemia é a segunda mais mortal, depois da que devastou a África Ocidental em 2014, provocando na Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa, 11.000 mortos.

A morte de uma terceira pessoa no vizinho Uganda reaviva o temor de uma propagação da MVE( Doença do Vírus ÉBola ), além da província congolesa de do Norte-Kivu, onde se registou a maioria dos casos.

Sexta-feira, morreu no distrito de Kasese, na referida província, uma menina de 9 anos.

Desde que a epidemia foi declarada, os epicentros do Ébola deslocaram-se entre as cidades de Mangina, Beni e Butembo.

O secretário-geral da ONU, António Guterres é aguardado domingo em Beni, por ocasião do segundo dia da sua visita à RDC, que tem início sábado em Goma.

Em 1976, foi identificado pela primeira vez o vírus do Ébola, na então República do Zaire, hoje, RDC ( República Democrática do Congo) .

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.