Somália

Combates entre soldados e rebeldes fazem 20 mortos no norte da Somália

A população civil da Somália, tenta fugir da cidade de Mogadíscio por causa dos confrontos entre a organização Al Shabaab e as forças do governo.
A população civil da Somália, tenta fugir da cidade de Mogadíscio por causa dos confrontos entre a organização Al Shabaab e as forças do governo. AFP / Abdurashid Abdulle

Um total de 20 pessoas morreram e outras 40 ficaram feridas durante dois dias de combates entre uma guerrilha próxima ao al-Shabaab, denominada "Os heróis da montanha", e os militares da região semi-autónoma de Puntlândia, no norte da Somália, informou esta terça-feira a Polícia da região.

Publicidade

O presidente da Puntlândia, Abdirahman Sheikh Mohammed, conhecido como "Farole", informou, que as suas forças mataram 13 terroristas e capturaram um outro, e que os confrontos começaram na localidade de Karin, 40 quilómetros a sudoeste da cidade de Bosaso.

Os combates surgem numa altura em que a União Africana acaba de anunciar o envio de mais soldados para a Somália.

A União Africana decidiu duplicar o número de tropas na Somália. Esta foi uma das principais decisões tomadas na cimeira que decorreu em Kampala. O objectivo, é o de atingir o número de 8 mil soldados para tentar manter a paz na Somália.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI