Panorama africano

Revoltas sociais no Egipto, Tunísia e Argélia

Áudio 07:26
Vista da praça Tahir nesta sexta-feira onde estão reunidos milhares de egípcios para celebrar vitória sobre Mubarak.
Vista da praça Tahir nesta sexta-feira onde estão reunidos milhares de egípcios para celebrar vitória sobre Mubarak. Reuters
Por: João Matos
9 min

Na edição de hoje do Panorama africano, vamos analisar as revoltas na Tunísia e no Egipto, após a queda dos Presidentes Ben Ali e Hosni Mubarak, a democracia e o poder dos militares, com certos analistas a verem a queda do próximo dominó de todo esse Magrebe, quer dizer a Argélia. Para já, no Egipto, após a queda de Mubarak, os militares assumiram os plenos poderes, suspendedno a constituição e dissolvendo o Parlamento, com a promessa de realizarem eleições presidenciais e legislativas nos próximos tempos. Mas ninguém sabe quando, e segundo Ivo Subral, Professor na Universidade Fernando Pessoa, no Porto, especialista do Magrebe Islâmico, há que duvidar dos militares e tudo está em aberto.