Convidado

Convidado do dia

Áudio 05:05
Refugiados da Costa do Marfim avançam com trouxas à cabeça  em direcção  de Gedeh, a Lese da Libéia.
Refugiados da Costa do Marfim avançam com trouxas à cabeça em direcção de Gedeh, a Lese da Libéia. REUTERS/ Simon Akam

A situação na Costa do Marfim complicou-se um pouco mais, depois de Alassane Ouatara, o Presidente eleito, ter recusado a mediaçâo da Uniâo Africana, encabeçada por José Brito, ex - chefe da Diplomacia cabo verdiana. A situaçâo humanitaria piora de dia para dia, o numero de mortos ultrapassaa os 460, e os combates entre apoiantes de Laurent Gbagbo e OAlassane Ouatra, continuam.  A RFI ouviu Mamadou JAO, Director do INEP, Instituto guineense de Estudo e Pesquisa, de Bissau.