São Tomé e Príncipe

Governo são-tomense reconhece Conselho Nacional de Transição

Bandeira da monarquia usada pelo Conselho Nacional de Transição
Bandeira da monarquia usada pelo Conselho Nacional de Transição REUTERS/Louafi Larbi

O governo são tomense reconheceu também hoje o Conselho Nacional de Transição rebelde como unico representante legítimo do povo líbio. São Tomé e Príncipe é o segundo país da África Lusófona a reconhecer o CNT, juntando-se a Cabo Verde.

Publicidade

Os pormenores com o nosso correspondente Maximino Carlos.

Correspondência de Maximino Carlos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI