Acesso ao principal conteúdo
Cabinda

Sindicato do pessoal da saúde de Cabinda suspende greve, até ver…

Greve do pessoal de saúde em Cabinda já foi levantada
Greve do pessoal de saúde em Cabinda já foi levantada Angonotícias
Texto por: Vitor Matias
1 min

O sindicato do pessoal de saúde de Cabinda suspendeu a greve que tinha iniciado há cerca de duas semanas. Mas Manuel Guilherme, Presidente deste sindicato, avisa que a greve vai ser retomada se o Governo não respeitar os seus compromissos.

Publicidade

Nada tem sido fácil no conflito que opõe o sindicato do pessoal de saúde de Cabinda às autoridades. Recusa de diálogo por parte das autoridades, manobras de intimidação, violência policial, greve e guerra de nervos. Mas, no passado dia 8, foi conseguido um encontro entre o sindicato e o Governador da província, durante o qual foram abordadas as principais reivindicações dos grevistas : Actualização de salários, regularização dos cartões de segurança social, melhoria de condições laborais, nomeadamente as refeições do pessoal de turno, ou os transportes. O Presidente do sindicato, Manuel Guilherme, afirmou à RFI que restam ainda alguns pormenores por resolver, e questões em aberto, mas o sindicato preferiu fazer algumas concessões, para evitar o endurecimento do movimento, dado que « o mais importante «a saúde das populações », segundo as suas proprias palavras . Apesar de tudo isto, Manuel Guilherme afirma que o sindicato suspendeu a greve de forma provisoria, à imagem o que tinha feito a 17 de Janeiro, mas vai voltar à greve, se Governo não cumprir os compromissos assumidos.

Entrevista de Manuel Guilherme

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.