CABO VERDE

Cabo Verde e União Europeia renegociaram parceria para a mobilidade

Texto por: RFI
4 min

Cabo Verde cedeu finalmente às exigências da União Europeia num dos pontos até agora menos consensuais das negociações da Parceria para a Mobilidade : o princípio da readmissão.

Publicidade

O arquipélago acabou por aceitar as exigências da União Europeia. A partir do momento em que os instrumentos que vinculam as partes forem assinados, Cabo Verde passará a receber os imigrantes apanhados em situação ilegal na Europa, mesmo que não sejam cidadãos nacionais. Basta, para isso, que tenham partido do arquipélago antes de chegarem ao velho Continente.

Estas medidas surgem no momento em que Cabo Verde prepara um quadro coerente e completo para poder fechar o cerco ao contrabando de migrantes por via terrestre, marítima e aérea, tendo em conta a sua posição previligiada e os compromissos internacionais assumidos.

Correspondência de Cabo Verde

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI