Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Chineses acusados de fomentar captura de espécies marinhas protegidas em Moçambique

Praia do Tofo, Província de Inhambane
Praia do Tofo, Província de Inhambane Diversity Scuba
Texto por: RFI
3 min

Organizações de protecção da vida marinha estão a acusar cidadãos Chineses de pescar ilegalmente espécies marinhas protegidas a partir do Tofo, em Inhambane, província do sul do país.

Publicidade

De acordo com a Bitongo Divers e a Ocean Revolution, raias, tubarões e baleias são algumas das espécies capturadas e exportadas para a China com conhecimento das autoridades Moçambicanas e apoio de pescadores nacionais.

Operadores turísticos da área de mergulhos estimam que no Oceano Indico e nas imediações da Praia do Tofo existam cerca de 800 tubarões de diversas espécies. A mesma fonte considera que face à elevada captura ilegal para a exportação para a China, estas espécies marinhas poderão ficar em perigo de extinção.

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.