Moçambique

Moçambique: "Virgem Margarida" último filme de Licínio de Azevedo

Cartaz do Festival de Berlinda
Cartaz do Festival de Berlinda Divulgação

O último filme de Licínio de Azevedo, cineasta brasileiro radicado em Maputo desde os primórdios da independência, "não é um filme político, mas um filme sobre um drama humano".

Publicidade

"Virgem Margarida" tem como enredo a história real de uma camponesa virgem moçambicana, internada à força num campo de reeducação para prostitutas, como os muitos que surgiram no país no período logo após a independência, cujo objectivo era construir o "homem/mulher novos".

O filme teve a sua estreia europeia no Festival de Toronto, depois foi exibido em Londres, estará em França no Festival de Amiens em meados deste mês, seguindo depois para Cartágo.

Esta semana o filme "Virgem Margarida" foi exibido em Berlim, no âmbito do primeiro  Festival Lusófono organizado pela Berlinda.org, que até 17 de Novembro apresenta diferentes facetas da cultura lusófona, designadamente artes visuais, cinema e música.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI