ANGOLA

Justiça angolana denuncia William Tonnet como falso advogado

William Tonet, jornalista, advogado e político angolano
William Tonet, jornalista, advogado e político angolano domínio público

O Ministério público angolano requereu a retirada de William Tonet como advogado de um dos réus no caso "Quim Ribeiro". A Ordem dos advogados teria denunciado o também jornalista e opositor de exercício ilegal da profissão.Tonet, por seu lado, promete apresentar queixa.

Publicidade

William Tonet, director do semanário "Folha 8" e também vice-presidente da coligação CASA-CE, na oposição angolana, tem estado também a defender, nomeadamente, como advogado o arguido João Pedro Carioco no caso "Quim Ribeiro", envolvendo crimes de peculato.

A Ordem dos advogados teria informado a Procuradoria Geral da República de que William Tonnet não reuniria as condições para continuar a exercer advocacia.

A Ordem alega que Tonet nem concluira o primeiro ano de Direito na Universidade Agostinho Neto.

O implicado, ouvido por Liliana Henriques, alega dispor de uma carteira de advogado em regra,contesta a acusação que lhe é feita e promete avançar com uma queixa crime.

William Tonet atribui a contestação de que é alvo à sua actividade jornalística alegadamente incómoda para o regime de Luanda.

William Tonet, jornalista e advogado angolano promete apresentar queixa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI