GUINÉ-BISSAU/CEDEAO

CEDEAO apela a levantamento de sanções contra a Guiné-Bissau

Cimeira da CEDEAO em Abuja, na Nigéria a 11 de Novembro de  2012.
Cimeira da CEDEAO em Abuja, na Nigéria a 11 de Novembro de 2012. AFP FOTO/Pius Utomi Ekpei

A CEDEAO defendeu o levantamento das sanções da União Africana contra a Guiné-Bissau. O bloco da África ocidental esteve reunido neste domingo em Abuja, na Nigéria, para analisar também a situação no Mali. A organização sub-regional apelou à aceleração da missão de contacto internacional para a Guiné-Bissau.

Publicidade

Serifo Nhamadjo, presidente de transição da Guiné-Bissau, fez um balanço positivo da cimeira da CEDEAO, Comunidade económica dos Estados da África ocidental.

Serifo Nhamadjo, presidente de transição da Guiné-Bissau

Presente em Abuja também esteve o diplomata são-tomense Ovídeo Pequeno, representante da União Africana na Guiné-Bissau, ele fez igualmente um rescaldo positivo do fórum regional.

Ovídeo Pequeno, representante da União Africana na Guiné-Bissau

Para além da Guiné-Bissau a situação no Mali foi também amplamente debatida em Abuja e o plano de envio de uma força militar da organização para o norte maliano, controlado por grupos rebeldes ligados a movimentos extremistas islâmicos.

Com a colaboração de Aliu Candé, enviado especial à Nigéria.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI