Moçambique

Moçambique: Frelimo desvaloriza ameaças da Renamo

Manuel Tomé, deputado da Frelimo
Manuel Tomé, deputado da Frelimo http://comunidademocambicana.blogspot.fr

A Frelimo, partido no poder, reagiu às declarações de Afonso Dlhakama , líder da Renamo, que no início da semana, ameaçou destruir o pais, caso o executivo não responda às suas exigências. A Frelimo desvalorizou as ameaças e afirma que a Renamo teme perder o lugar de principal partido da oposição.

Publicidade

Manuel Tomé, deputado da Frelimo, partido no poder, reagiu hoje à entrevista que o líder da Renamo, Afonso Dlhakama, deu à agência France Press no começo desta semana. Manuel Tomé acusou o líder da Renamo de estar distante do papel da cidadania e da postura de estado que este deveria ter como dirigente do maior partido da oposição.

O deputado da Frelimo disse que os períodos que antecedem as campanhas eleitorais, os anos eleitorais são sempre muito ferteis para a Renamo proferir declarações ameaçadoras, numa "tentativa de encontrar algum voto por via da intimidação".

Manuel Tomé lembrou, ainda, que estas ameaças acontecem numa altura em que se debate na Assembleia da República de Moçambique a revisão da legislação eleitoral, acrescentando que existe consenso entre a Frelimo e o Movimento Democrático de Moçambique-MDM- e a Renamo tem uma posição contrária aos dois partidos.

O político moçambicano avança ainda que a Renamo se sente com cada vez menos condições para ganhar as próximas eleições e receia ser ultrapassado pelo Movimento Democrático de Moçambique.

Manuel Tomé, deputado da Frelimo na Assembleia da República de Moçambique

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI