Angola

Início do congresso da CASA-CE na oposição em Angola

Abel Chivukuvuku, líder da CASA-CE
Abel Chivukuvuku, líder da CASA-CE DR
Texto por: Liliana Henriques
6 min

A CASA-CE, Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral, terceira força política de Angola, iniciou esta terça-feira em Luanda três dias de debate no quadro do seu primeiro congresso extraordinário.

Publicidade

Sob o lema "Transformar, Crescer e Vencer para Realizar Angola", estes debates acontecem no momento em que este partido dirigido por Abel Chivukuvuku, antigo membro da UNITA, completa o seu primeiro ano de existência.

No primeiro dia de trabalhos, os 1100 delegados da CASA-CE provenientes das 18 províncias de Angola e da diáspora reflectiram sobre a situação política e económica do país. Para além de Abel Chivukuvuku que pronunciou o discurso de abertura, o primeiro dia de encontros foi igualmente marcado pela intervenção do economista Carlos Rosado de Carvalho, bem como do ex-Primeiro Ministro e antigo secretário-geral do MPLA, Marcolino Moco, cuja apresentação foi bastante crítica quanto à acção do executivo Angolano.

Em entrevista com a RFI, Rafael Aguiar, dirigente da juventude da CASA-CE resumiu as ideias-chave que surgiram neste primeiro dia de debates.

Rafael Aguiar, líder da juventude da CASA-CE

Este primeiro congresso foi também uma oportunidade para os membros deste partido fazerem um balanço do primeiro ano de existência da CASA-CE. Na óptica de Rafael Aguiar, este partido mudou o panorama político do seu país.

Rafael Aguiar, líder da juventude da CASA-CE

Os trabalhos prosseguem até quinta-feira, não estando prevista a eleição de um novo dirigente para o partido conforme reiterado ainda recentemente pela vice-presidência da CASA-CE, estes três dias de reunião tendo por principal objectivo afinar a estratégia de afirmação deste partido no quadro político de Angola.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI