Ministra caboverdiana Marisa Morais fala dos 2 agentes caboverdianos detidos na Guiné Bissau

Áudio 06:28
Marisa Morais ministra caboverdiana da administração interna in portaldeangola.com
Marisa Morais ministra caboverdiana da administração interna in portaldeangola.com DR

"Temos estado a acompanhar de muito perto e muito atentamente desde o seu início a situação desses dois agentes dos Serviços de Fronteira da Polícia Nacional caboverdiana. Foram detidos na Guiné na sequência de uma deslocação a Bissau, numa missão de escolta e estamos a aguardar as decisões das autoridades guineenses. Até este momento não há qualquer acusação formalizada contra esses agentes pelo que estamos convictos que a situação se vai resolver num prazo muito curto".  É assim que a nossa Convidada, Marisa Morais, ministra caboverdiana da Administração Interna, começa por falar sobre a situação dos dois polícias caboverdianos detidos a semana passada em Bissau pelos Serviços de Informações de Segurança (SIS) guineenses quando se encontravam no aeroporto da capital guineense prontos para regressarem a Cabo Verde, depois de terem cumprido uma missão de rotina de escolta de uma cidadã da Guiné Bissau, expulsa de Cabo Verde. "A cidadã guineense foi condenada pelos tribunais caboverdianos e após cumprir a pena teria de cumprir a pena de expulsão acessória, e é nesta sequência que os dois agentes caboverdianos estão detidos pelos Serviços de Informações de Segurança da Guiné; até hoje não foi formalizada qualquer acusação  contra os dois agentes caboverdianos".