Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

Hospital de São Tomé quer fazer de laboratório em greve uma referência para a região

REUTERS/Ralph Orlowski
Texto por: André Ferreira
3 min

Prossegue desde ontem a greve do pessoal administrativo do Hospital Ayres de Menezes, o único centro hospitalar do país. Os trabalhadores reivindicam aumentos salariais, tal como sucedeu com os médicos, após a recente aprovação do estatuto de carreira do pessoal de saúde.

Publicidade

Esta greve, que poderá durar vários dias, está segundo a agência LUSA, a afectar sobretudo o laboratório de análises clínicas, que pode vir a ser eleito laboratório de referência na sub-região africana, como afirma o director geral do Hospital, o Dr. José Luís da Cruz.

Dr. José Luís da Cruz, entrevistado por André Ferreira

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.