Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique diante do espectro da guerra

Exército governamental
Exército governamental Reuters
Texto por: RFI
2 min

De acordo com fontes policiais, as forças de segurança trocaram tiros esta madrugada com ex-guerrilheiros da Renamo na província de Nampula, no norte do pais, zona onde o líder da oposição Afonso Dhlakama residia há ainda um ano atrás. Paralelamente, igualmente esta terça-feira, deu-se um novo ataque contra uma coluna militar em Muxungué, província de Sofala, no centro do país, o governo não confirmando quaisquer baixas.

Publicidade

Estes incidentes acontecem pouco depois do exército governamental ter retomado ontem o controlo da base de Maríngué. As autoridades moçambicanas declararam que a Renamo estava a preparar "uma investida" quando o exército tomou de assalto a base, que estava há uma semana nas mãos da Renamo. Mais pormenores sobre a situação vigente em Moçambique com o correspondente Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Moçambique

Esta situação não deixa de suscitar comentários, nomeadamente por parte do Presidente moçambicano Armando Guebuza que hoje considerou que a Renamo "entrou em situação de inconstitucionalidade" a partir do momento em que os seus combatentes optaram por conduzir ataques. A nível externo, as mensagens são de inquietação, designadamente por parte do chefe de Estado de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, que ao expressar-se pela primeira vez sobre Moçambique, declarou seguir a situação com preocupação.

Presidente Jorge Carlos Fonseca em declarações recolhidas pelo correspondente em Cabo Verde, Odaír Santos

Em Moçambique, também se elevam vozes para apelar à paz. A escritora moçambicana Paulina Chiziane, autora nomeadamente de 'Ventos do Apocalipse", um livro relativo à guerra civil em Moçambique quer acreditar que ainda possa haver paz.

Escritora Paulina Chiziane entrevistada por Liliana Henriques

Por seu lado, Victor Hugo Nicolau, analista radicado em Moçambique ligado ao Centro de Estudos Africanos do Instituto Universitário de Lisboa, refere que a opção da força por parte do governo não é vista com bons olhos pela população moçambicana.

Investigador Victor Hugo Nicolau entrevistado por Liliana Henriques

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.