Acesso ao principal conteúdo
Desporto

2013: um ano em grande para o desporto afro-lusófono

Áudio 05:13
Paulo Macedo, seleccionador de basquetebol angolano
Paulo Macedo, seleccionador de basquetebol angolano Jornal dos Desportos
Por: Adriano Salgueiro
7 min

2013 foi um ano desportivo bem rico nomeadamente para a afro-lusofonia. No desporto rei, o CAN contou pela primeira vez com Cabo Verde que encantou África com o seu futebol ao passo que as selecções francesa e portuguesa só garantiram a presença no Mundial do Brasil nos derradeiros "play-offs". Angola foi, sem dúvida, o centro das atenções com a primeira organização africana de um Mundial de Hóquei em patins e protagonizou o momento mais alto do ano com a vitória no Afrobasket 2013 sénior masculino.Entrevistámos o árbitro FIBA Francisco Tango em jeito de retrospectiva dos múltiplos feitos do basquetebol angolano em 2013.No ciclismo, a Volta a Portugal contou com uma participação inédita de angolanos e o português Rui Costa tornou-se no primeiro lusófono a ganhar os Mundiais de estrada enquanto no andebol as campeãs africanas de Angola ficaram-se pelo 16° lugar no Mundial 2013 e, no ténis, a francesa Marion Bartoli retirou-se surpreendentemente dos courts, com 29 anos, depois de ganhar o Wimbledon.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.