Moçambique

Alastramento da instabilidade do centro para o sul de Moçambique

Instalações do Centro cristão de Moçambique
Instalações do Centro cristão de Moçambique DR

Culto ecuménico a favor da paz em Moçambique, numa altura em que a tensão aumenta com o alastramento da instabilidade político-militar do centro para o sul do país.

Publicidade

Igrejas cristãs moçambicanas organizaram este domingo, 5 de janeiro, na capital moçambicana, Maputo, um culto pela paz, com o objectivo de alertar os dirigentes políticos e a sociedade civil, para a instabilidade e a violência em Moçambique.

 

Há cada vez mais tensão no país, com a deslocação da instabilidade, até agora concentrada na província de Sofala, no centro, para o sul, na província de Inhambane. 

 

Centenas de  pessoas têm estado a abandonar as suas localidades de residência, no distrito de Homoine, na província de Inhambane, com medo de ataques de homens armados da Renamo, ou de confrontos com as forças governamentais.

 

"O cenário que nós estamos a preparar, não garante a paz na sua totalidade; uma paz na sua plenitude, daí que optámos por começar o ano, com uma reflexão profunda, que irá nos levar aos anos da conquista das nossas independências como africanos", declarou à imprensa moçambicana, Marcos Macamo, secretário-geral do CCM, Conselho cristão de Moçambique.

 

De maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

 

Orfeu Lisboa, correspondente em maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI