Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Académicos de Cabo Verde e Guiné Bissau como comissários da CEDEAO

Logótipo da CEDEAO, com sede em Abuja na Nigéria.
Logótipo da CEDEAO, com sede em Abuja na Nigéria. DR
Texto por: João Matos
3 min

Dois brilhantes universitários de Cabo Verde, Isaías Barreto da Rosa e da Guiné Bissau, João "Huco" Monteiro, acabam de ser nomeados como comissários da CEDEAO.

Publicidade

O Conselho de Ministros da CEDEAO, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, nomeou na última quinta-feira, em Abuja, estes dois académicos de Cabo Verde e da Guiné Bissau, entre uma lista de 21 candidatos de países membros da organização sub-regional africana.

 

Na realidade, foram escolhidos 7 novos comissários da CEDEAO, entre os quais, o caboverdiano Isaías Barreto da Rosa, professor na Universidade Piaget de Cabo Verde, que vai ocupar as funções de comissário das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicaçao, e o guineense, João "Huco" Monteiro, professor universitário e Coordenador da Comissão estratégica nacional da Guiné Bissau, para o posto de comissário para os Recursos Humanos, da dita organização sub-regional africana.

 

Para o caboverdiano Isaías Barreto da Rosa, esta nomeação "é um desafio bastante grande, que requer muita dedicação, muito esforço, mas é necessário criar sinergias e Cabo Verde, no domínio da governação electrónica, da sociedade de informação e nos principais indicadores de desenvolvimetno das tecnologias de comunicação e informação, poderá dar o seu contributo no âmbito da CEDEAO."

 

Isaías Barreto da Rosa, professor universitário caboverdiano

 

Por seu lado, o guineense João "Huco"Monteiro, considera que "a primeira coisa a fazer, é um plano de acção com base no estudo das necessidades em termos de competências, ligadas à missão da organização, mas também apoiar os países membros, por forma a colmatarem as lacunas que terão no campo das capacidades, para fazer face aos desafios que se colocam a essa parte de África, em particular."   

João Huco Monteiro, ex ministro e antigo professor universitário guineense

 Os dois eminentes intelectuais tomarão posse, durante o mês de fevereiro, em Abuja, na Nigéria, onde vão exercer as suas funções de comissários para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Comunicação, e para os Recursos Humanos, da CEDEAO.

 

Isaías Barreto da Rosa, tem pós doutoramento e doutoramento, em Engenharia de Computação, Gestão e Educação e Desenvolvimento humano, com trabalhos de investigação em Universidades de Estónia, Portugal, Reino Unido e Espanha, sendo actualmente Professor e Director do Laboratório de Educação Digital, da Universidade Piaget de Cabo Verde.

 

João "Huco" Monteiro, é sociólogo, especialista em administração pela ENA, Escola Nacional de Administração, em França, tendo sido Reitor das Universidades Colinas de Boé e Amílcar Cabral e Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Educação da Guiné Bissau, onde desempenha actualmente as funções de Coordenador do Secretariado Nacional de Luta contra a Sida e da Comissão estratégica nacional.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.