Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

"Os partidos políticos são fundamentais para a democracia" de São Tomé

Antigo Presidente de São Tomé e Príncipe, Miguel Trovoada.
Antigo Presidente de São Tomé e Príncipe, Miguel Trovoada. RFI/ Maximino Carlos
Texto por: RFI
5 min

O antigo Presidente de São Tomé e Príncipe, Miguel Trovoada, deu hoje uma conferência de imprensa para responder às afirmações do Presidente Manuel Pinto da Costa que o acusou de faltar à verdade sobre a história do país, no decorrer das reuniões preparatórias do diálogo nacional.

Publicidade

Perante uma plateia cheia, no hotel Pestana, o antigo Presidente desmentiu informações "falsas e grosseiras sobre a história do país" referindo ainda que "não se deve viver amarrado ao passado".

Em declaração pública, Miguel Trovoada, respondeu às acusações do Presidente da República Manuel Pinto da Costa sobre acontecimentos da Primeira República nos quais está envolvido. 

Pinto da Costa teria revelado que Miguel Trovoada foi preso, durante o regime de partido único, após várias acusações contra si em torno da campanha que levou a cabo sobre o primeiro censo organizado no país. Miguel Trovoada deixou claro que a sua prisão foi o resultado da vontade de o eliminar politicamente .

O antigo Presidente de São Tomé e Príncipe afirmou que se fragilizam os partidos políticos dizendo que estão doentes, "se estão doentes há médicos, tentemos curá-los e não os deixar morrer. Os partidos políticos atravessam momentos temporários, por razões diversas, por crises internas e os seus responsáveis é que sabem", disse  Miguel Trovoada em conferência de imprensa ao nosso correspondente da RFI em São Tomé, Maximino Carlos.

Correspondência de São Tomé, Maximino Carlos

O primeiro Presidente da República da multipartidária São Tomé e Príncipe referiu que o deferente entre ele e o Presidente Pinto da Costa, na Primeira República, tinha uma matiz ideológica assente na relação entre o Oeste e o Leste.

"O passado é importante para compreender o presente, mas não devemos amarrar o presente" para perspectivar o futuro concluiu Miguel Trovoada que denunciou a tentativa de fragilizar os partidos políticos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.