Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

MpD não participará no Fórum do governo caboverdiano

Logótipo do MpD em Cabo Verde.
Logótipo do MpD em Cabo Verde. DR
Texto por: RFI
5 min

O governo cabo-verdiano marcou o seu "II Fórum Nacional de Transformação” para 15 de Maio próximo, mas o MpD, maior partido da oposição, não participará porque pretende ser alternativa em 2016.

Publicidade

O Governo cabo-verdiano do Primeiro-ministro, José Maria Neves, pretende com este "II Fórum Nacional de Transformação", traçar um plano estratégico, com contribuições de forças vivas sociais e políticas da nação, tendo como horizonte o ano de 2030.

Para o governo do PAICV, no poder, o Fórum, que começa no dia 15 de Maio, na cidade da Praia, "será determinante, para o salto que Cabo Verde precisa dar no seu processo de desenvolvimento."

Mas, na oposição, o MpD, Movimento, para a Democracia, já reagiu, dizendo que pretende ser poder, nas eleições de 2016, pelo não aceita o convite do governo do PAICV, para participar no Fórum.

Ulisses Correia e Silva, líder do MpD, declarou à imprensa, que o seu partido tem um "processo de reflexão próprio, para também definir uma visão e opções de política, a longo prazo."

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos.

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.