Moçambique

Detenção do porta-voz do principal partido de oposição de Moçambique

António Muchanga, Conselheiro de Estado e porta-voz da Renamo
António Muchanga, Conselheiro de Estado e porta-voz da Renamo DR

António Muchanga, porta-voz da Renamo, principal partido de oposição de Moçambique, foi hoje detido quando se encontrava no Palácio da Presidência da República para participar numa sessão do Conselho de Estado, instituição de que é membro, este responsável sendo acusado de incitação à violência nas declarações que tem proferido na qualidade de porta-voz da Renamo.

Publicidade

Ao referir não ter conhecimento do lugar para onde foi levado António Muchanga, o seu partido considera que isto "vai complicar cada vez mais o processo político em curso", a Renamo acusando ainda o governo de ma fé na convocação da reunião do Conselho de Estado. Mais informação como o nosso correspondente Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Moçambique

Ao considerar, tal os restantes membros do seu partido, que a retirada da imunidade de António Muchanga por iniciativa presidencial é ilegal, Rail Khan, coordenador da Renamo para a região sul do país relata as circunstâncias da detenção de António Muchanga.

Rail Khan, coordenador da Renamo para a região sul de Moçambique, entrevistado por João Matos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI