Guiné-Bissau

TAP regressa a Bissau em Outubro

Aviões da TAP regressam a Bissau na semana de 26 de Outubro
Aviões da TAP regressam a Bissau na semana de 26 de Outubro DR

A transportadora aérea portuguesa TAP vai retomar os três voos semanais directos para Bissau a partir de 26 de Outubro, na sequência de um protocolo assinado esta segunda-feira (28/07) em Lisboa pelos respectivos chefes de diplomacia, as reservas podem ser feitas a partir de hoje.

Publicidade

Os voos directos da TAP de e para Bissau foram suspensos após o embarque em Bissau de 74 cidadãos sírios com passaportes falsos no voo TP202, que chegou a Lisboa dia 10 de Dezembro de 2013.

Os passageiros foram forçados a embarcar pelas autoridades guineenses de transição, um incidente que levou a TAP a considerar não haver as necessárias condições de segurança, pelo que decidiu suspender as três ligações semanais para Bissau, até que estas sejam garantidas.

A empresa está hoje em condições de garantir a "total segurança dos seus passageiros" segundo o presidente da TAP, o brasileiro Fernando Pinto, que afirma que "foi reforçada a parte de verificação de fronteiras e de admissibilidade das pessoas...em principio iremos transportar um agente português, que faz a verificação dos passaportes já lá in loco" (em Bissau).

Fernando Pinto, presidente da TAP

.

O ministro guineense dos Negócios Estrangeiros, Mário Lopes da Rosa, congratulou-se com esta decisão e garantiu que "as preocupações registadas no domínio de segurança e das migrações, merecem uma especial atenção da nossa parte, assumimos o compromisso de que tudo faremos para que as mesmas causas, não venham jamais a produzir os mesmo efeitos".

Mário Lopes da Rosa, ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau

Por sua vez o chefe da diplomacia de Portugal, Rui Machete, afirmou que "na sequência das eleições realizadas na Guiné-Bissau e com a reposição da ordem constitucional, através da tomada de posse das autoridades legítimas, foi possível resolver com celeridade, a questão do reforço da segurança no controlo de passageiros na rota Bissau-Lisboa... com garantias de que incidentes como em Dezembro passado não mais se voltarão a repetir".

Rui Machete anunciou ainda o envio em breve de 15 toneladas de medicamentos para a Guiné-Bissau..

Rui Machete, ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal

 A suspensão dos voos da TAP para Bissau teve um importante impacto em vários sectores e na vida quotidiana das populações, pois além do normal transporte de passageiros, inclusivé para atendimento médico em Portugal, esta rota serve habitualmente para transporte de correio e pequenas mercadorias a baixos custos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI