Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Moçambique: António Gaspar analisa processo eleitoral

Áudio 05:03
António Gaspar, director do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais de Maputo
António Gaspar, director do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais de Maputo Cristiana Soares

A Renamo, principal partido da oposição em Moçambique, contestou os resultados das eleições gerais de ontem e afirma que não os aceita. Os primeiros resultados provisórios apontam para a vitória nas presidenciais e legislativas do candidato da Frelimo Filipe Nyusi, seguido pelo da Renamo Afonso Dhlakama e em terceiro lugar o do MDM Daviz Simango.Para o investigador António Gaspar, director do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais de Maputo estes resultados eram "previsíveis" e "o processo de votação foi ordeiro e calmo, salvo actos isolados que...não mancham o processo".

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.