São Tomé e Príncipe

Aviação são-tomense prestes a sair da lista negra da UE

Aeroporto internacional de São Tomé
Aeroporto internacional de São Tomé Miguel Martins/RFI

São Tomé e Príncipe poderá estar prestes a sair da lista negra da aviação civil da União Europeia (UE). O Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC) está em Portugal a limar arestas com as autoridades de aviação civil europeias.

Publicidade

Estão a ser elaborados os últimos preparativos para a retirada da aviação do arquipélago equatorial da lista negra da UE. A presença nesta lista implica a proibição de voar no espaço aéreo europeu por se considerar que as aeronaves apresentam condições precárias de segurança, o que afecta a companhia nacional STP AIRWAYS.

Poderá estar para breve a retirada da lista negra, de acordo com Mário Macedo, técnico do INAC.

Mário Macedo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI