Angola

Mais de 120 milhões de crianças e adolescentes estão fora da escola segundo a Unicef

Angonotícias

121 milhões de crianças e adolescentes não vão à escola de acordo com um estudo divulgado pela Unicef no dia 19 de Janeiro intitulado "Corrigindo a Promessa Quebrada da Educação para Todos", fruto do trabalho desta organização em conjunto com a Unesco no âmbito da Iniciativa Global sobre Crianças Fora da Escola.

Publicidade

Neste documento, a Unicef revela que a nível mundial 58 milhões de crianças entre os 6 e os 11 anos não frequentam o ensino básico e que 63 milhões de adolescentes com idades compreendidas entre os 12 e os 14 anos não se encontram integradas no ensino secundário.

Segundo este estudo, entre as zonas do globo onde se encontra a maior taxa de jovens fora da escola figura a África Ocidental e Central (27% de crianças e 40% de adolescentes) bem como a África Oriental e do Sul (15% e 27%).

Neste relatório em que se preconiza nomeadamente a remoção dos custos directos e indirectos associados à educação, a melhoria dos ambientes de aprendizagem e sistemas educativos mais flexíveis como forma de atraír mais crianças, a Unicef alude igualmente aos países lusófonos referindo que a Guiné Equatorial é o país da CPLP onde a situação tem contornos importantes, com uma taxa de 37,8% de crianças fora da escola.

Neste ranking, a Unicef contabiliza igualmente a Guiné-Bissau, com 29,2% de crianças excluídas do sistema educativo, Moçambique com 13,6%, São Tomé e Príncipe com 3%, Cabo Verde com 2,7% e ainda Angola com 14,3%, este país classificando-se deste modo 38° lugar no ranking dos países com fraca taxa de escolarização.

Ao abordar nomeadamente as problemáticas do trabalho infantil e do casamento precoce, Desiré Adomo, especialista da área da educação na delegação da Unicef em Angola refere-se ao acesso das crianças e adolescentes à educação naquele país.

Désiré Adomo, especialista da educação na Unicef em Angola

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI